Como fazer tomate seco em casa

Como fazer tomate seco em casa

Actualmente o Tomate seco  é uma iguaria muito apreciada, um elemento que faz maravilhas nos pratos que são compostos por este ingrediente. São óptimos em saladas, em pratos de massa, em pratos de peixe e de carne. Apesar do tomate seco ser uma mais valia, não consegue chegar a todas as carteiras, o que é compreensível se tivermos em conta o trabalho da secagem e o facto de 10 quilos de tomates frescos renderem aproximadamente 700 a 800 gramas de produto seco.


Secar tomate em casa pode ser feito como hobby, aproveitamos os excedentes da horta, ou as épocas de preço mais baixo e saboreamos estes deliciosos tomate pelo ano fora. A prática é muito simples, mas precisa da pareceria do sol e de alguma paciência. Esta actividade teve origem na Itália e alastrou-se para várias partes do muno. remonta alguns séculos, possibilitava conservar o tomate produzido no verão para ser utilizado pelo ano fora. No presente o maior interesse não é tanto a conservação, mas sim o resultado. Os tomates secos são reconhecidos pelo sabor intenso que enriquece qualquer prato que leve tomate, em pizzas, quiches, estufados, assados e até saladas.


Como fazer tomate seco


Escolha tomates pequenos, o tomate xuxa e o cereja funcionam muito bem.
Corte-os ao meio no sentido longitudinal e retire-lhes as sementes. Se utilizar tomate cherry não é necessária toda esta preparação, basta cortar o meio.
Caso queira utilizar os grandes corte-os em 4.
Deixe-os a escorrer com o lado do corte para baixo, durante uns minutos.


Secar o tomate ao sol


Após esta operação de limpeza, coloque os tomates sobre uma rede com o lado do corte virado para cima.
Polvilhe-os com sal, cubra-os com uma rede de protecção e leve-os ao sol.
Ao aproximar a noite retire-os da rua para que a humidade não se entranhe nos tomates e vire-os par baixode forma a libertar a humidade.
De manha volte a colocá-los ao sol. Consoante o tamanho do tomate e da intensidade do sol, poderão levar e 2 dias a 5 dias.
Saberemos que alcança-mos o nosso objectivo quando estes apresentarem um aspecto encarquilhado e sem vestígios de humidade. Também não convém exagerar na secagem, caso contrário o nosso tomate seco vai parecer pastilha elástica.

Secar o tomate no fogão


Caso não tenha grandes condições para os secar ao sol, não desista, poderá fazê-lo no seu forno em casa. O método é o mesmo, limpar o interior do tomate e as sementes e coloque-os dentro do forno numa temperatura que não ultrapasse os 100º, polvilhados com uma pitada de sal. Vá retirando o liquido libertado pelo tomate e mantenha-os no forno até os tomates se apresentarem secos. Este processo leva aproximadamente 4 a 6 horas, conforme o tamanho dos tomates e o grau de secagem pretendido.

Como conservar os tomates secos


Depois de devidamente secos guarde-os num frasco limpo e seco, ao abrigo da luz. Quando bem secos não necessitam de refrigeração, contudo eu prefiro sempre guardá-los no frigorífico, afinal eles não ocupam muito espaço.

Poderá também conservar o tomate seco num frasco com azeite de oliva, nesta versão terá também um azeite aromatizado que poderá utilizar na confecção da comida, ou simplesmente no tempero da salada.
Coloque o tomate seco num frasco esterilisado e cubra-o generosamente com azeite, tempere com sal e uma pitada de orégãos, ou outros sabores a gosto. Mantenha-os fora do alcance da luz, em local fresco e seco. Não têm de o guardar no frigorífico, contudo é sempre mais seguro. Quanto mais tempo o tomate seco ficar na conserva de azeite mais apurado fica o sabor.
1 comentário:
  1. Aqui em casa adoramos! Ótimas dicas! beijos, lindo fds! chica

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...